email this page
1° HRTools MindLab
 
Tendências Globais em Recursos Humanos e a Importância do Uso de Assessments na Avaliação de Talentos.
Com Carolyn Larkin
 
 
 
Durante o 1° HRTools MindLab no Brasil, Carolyn Larkin discutiu, entre inúmeros temas, a evolução da função dos RH’s ao longo dos últimos quarenta anos, e sua importância atual.

Começando com um panorama histórico da evolução dos Rh’s a partir da década de 1970 até os dias de hoje, Carolyn situou o desdobramento dos RH’s, tendo em vista que Inicialmente caracterizados enquanto Departamento Pessoal, responsáveis por contratações, pagamentos, benefícios, o RH tornou-se um setor mais importante para as empresas a partir da década de 1980, assumindo o recrutamento e seleção dos melhores profissionais, colaborando na construção das descrições de cargos e estruturas, desenvolvendo pacotes de benefícios e bônus, e assumindo também um papel central na comunicação interna, defendendo a saúde e felicidade dos funcionários.
 
Este papel se manteve e tem crescido ao ponto em que, atualmente, verifica-se uma importante tendência, os RH’s estão se tornando Integradores de Negócios, responsáveis pelo recrutamento por Competências, Desenvolvimento de supervisores, gerentes e líderes, reforçando e instilando os valores e a cultura do negócio, criando um duto sustentável de liderança; além disso, devem identificar os gaps nas competências através de avaliações constantes, elaborar treinamentos e programas de desenvolvimento, gerir pessoas de maneira mensurável e consistente para que todos estejam alinhados, bem avaliados e pagos corretamente. A Era da Gestão de Talentos chegou!
 
E quais os impactos dessa mudança?

Estas mudanças, mais ou menos perceptíveis, têm alterado, senão aumentado, as responsabilidades dos RH’s e seus parceiros, como coaches e consultores, e embora uma sólida tendência, nem todas as empresas já perceberam a importância desta adaptação.

Segundo uma recente pesquisa da World Federation of People Management Associations, que analisou práticas que diferenciam empresas de sucesso, era comum às empresas que mais se destacaram:

Desenvolvem mais poderosos líderes de pessoal

• Modelo de liderança que descreva os comportamentos e contribuições esperados (1.5x mais)
• Modelo de Liderança que inspire promoções (1.7x mais)
• Desenvolvimento de Liderança como parte do desenvolvimento de Pessoal (2.2x mais)
• Condicionam as compensações de seus líderes aos esforços destes no desenvolvimento e pessoal (3.4x mais)

Fazem mais para atrair, desenvolver e reter pessoas talentosas

• Buscam constantemente por estrangeiros, diversificando talentos (1.8x mais)
• Possuem programas de desenvolvimento e retenção para altos e emergentes potenciais (de 1.4 a 2.7x mais)
• Oferecem oportunidades de avanço profissional e definem claramente maneiras de aprimorar o desenvolvimento e a retenção (1.7 a 2.1x mais)
• Oferecem, melhor do que seus concorrentes, oportunidades para mudança de local de trabalho
• A principal razão para a realocação de pessoal é o desenvolvimento de pessoal (vs. Transferência de conhecimento técnico, sendo este a principal razão em empresas de baixa performance)

Aprimoram, acompanham e avaliam o desempenho de maneira transparente

• Possuem normas claras que motivam o ótimo desempenho (2.6x mais)
• Utilizam padrões globais para a gestão de desempenho (2.2x mais)

Aprimoram, acompanham e avaliam o desempenho de maneira transparente

• Possuem normas claras que motivam o ótimo desempenho (2.6x mais)
• Utilizam padrões globais para a gestão de desempenho (2.2x mais)

A estas empresas, abraçar e defender mudanças foi fundamental para que alcançassem cada vez mais destaque em suas respectivas áreas de atuação, afinal,

“Com as pessoas certas, o negócio poderá enfrentar qualquer desafio e oferecer o melhor conjunto de soluções e serviços aos clientes.” 

 

email this page

SIGANOS

Nuestros perfiles en redes sociales:

 

NEWSLETTER